Quebraremos Seu Controle, Estado de Guerra Declarado!

by Zero Absoluto

/
  •  

1.
2.
01:09
3.
4.
5.
6.
01:19
7.

credits

released 11 June 2014

tags

license

feeds

feeds for this album, this artist
Track Name: Zero Absoluto
Aconteçe todos os dias,
instantânea reação.
O ódio pelo mundo
anula a minha emoção

Uma vivência mortal
cicatrizes das lutas
é consequência da miséria nas ruas

A elite desconhece, pergunta de onde vem
o Zero Absoluto existente em você

Meu instinto animal me dá fora nas batalhas
e vivência necessária, para agir em suas falhas

A elite desconhece, pergunta de onde vem
o Zero Absoluto existente em você.

Zero Absoluto!
Track Name: Ódio
Dias e dias à se repetir
o meu limite chegou ao fim
Andando nas linhas da perseguição
subverto e nego a escravidão

Ódio!

Regras injetadas sob domínio estatal
Rumo ao declínio enquanto a escória ri
À todos que quiserem se opor
destruiremos os que nos causam a dor

Ódio ao sistema patriarcal
Ódio ao poder do domínio estatal
Ódio à miséria global
Ódio!
Track Name: Delinquência
Sem ciência, nem virtudes
espancadas e aterrorizadas
corpos medidos, rotulados
RESISTÊNCIA!

Encarceradas, mutiladas
por interesses do Estado
quebraremos seu controle
Estado de Guerra declarado

Estais atentos, nós somos a resistência
Estais atentos, nós somos a delinquência

Preparadas pra lutar, vamos nos unir
O ódio visceral que nasceu em mim
torna sofrimento o sofrimento uma arma
enfim o povo será uma ameaça

Crucificam-nos nas ruas, mas no entanto já sabemos à quem derrubar!
Track Name: Escória Patriota
Duas opções:
Explorador orgulhoso ou cego explorado

Primeiro:
Mataram e envenenaram a terra

Depois:
Crucificam os corpos que restam

Você pode ver, na realidade nada mudou. As grandes corporações deixam o rastro de sangre e lágrimas dos mais fracos, tem a força psíquica de tornar até mesmo os subúrbios e sua fonte de poder.

O exército de falácias planta a ignorância e execra a igualdade, os herdeiros da terra agora compactuam com os inimigos da liberdade.

E você me diz que essa bandeira é nossa riqueza? Nossa riqueza? Nossa ordem?

Como você pode entregar a sua vida à essa escória?

ESCÓRIA PATRIOTA!
Track Name: Estado Policial
ESTADO POLICIAL (4x)

NÓS TE ODIAMOS (3x)

ALCKMIN, ALCKMIN, ALCKMIN MORRA! (2x)
Track Name: Guerra Santa
Fazendo frente ao Caos
me pergunto onde vamos parar
A chance de paz é remota
a miséria me assola na era infernal

Guerra Santa

O barulho da guerra é ensurdecedor.
Sem luz no olhar, só enxergo a dor
Hiroshima é aqui, não posso gritar
a explosão me sufoca, me toma o ar

Onde jaz a esperança ?
Não sei pra que lado correr
as mortes causadas pela Guerra Santa
me mostram o fim, mas quero viver

O que me resta é a ignorância
então me ajoelho e começo a rezar
suplique ao deus da matança
a misericórdia que não vai salvar
Track Name: Euro-Campos de Extermínio
Desde o inicio dos tempos
nos levam a acreditar
que são o centro de tudo
e o terceiro mundo é quem vai pagar.

Déspotas, navegantes arbitrários
viajando em busca de poder
derramam o sangue necessário
pro seu império prevalecer

Sequestros, estupros e imposição
de sua cultura, sua religião
aos africanos e indígenas
Destruídos pela ambição

No maior genocídio da história
espalharam guerras, terror e doenças
Pelos quatro cantos da terra,
só restam as cinzas de nossa ascendência.

Euro-Campos de Extermínios!